Valéria Moreira - fundadora da Agence Me Voilà, by Bianca Kimberly, sua primogênita!

Eu sabia que este momento iria chegar, mas não sabia bem como iria conduzi-lo.


Assim como as mulheres apresentadas ao longo deste mês, também me senti desconfortável em falar de mim mesma.


Sem que eu pedisse, Bianca Kimberly, minha filha mais velha, veio ao meu socorro - me oferecendo uma linda e íntima homenagem no próprio dia 08. Digo "íntima" pois foi publicada somente em seu perfil pessoal, em português, numa plataforma onde pouquíssimas pessoas me conhecem e a maioria é francofone...


Para muitos esta transcrição de mensagem parecerá puro narcisismo. Que seja então!


Transcrever sua mensagem é símbolo de orgulho, orgulho do que me tornei, mas principalmente do que pude transmitir.


Que todas as mulheres tenham uma Bianca Kimberly para lembra-las de tudo o que fizeram e fazem de bom, ainda que ao seu redor tudo pareça desmoronar ou que o espelho já não faça os mesmos elogios que antes.


Sob a ótica de minha Bibi, com vocês, eu mesma!



"Valéria Moreira, fundadora da agencia Me Voilà e minha querida mamãe ✨


Esse retrato é bem especial, porque eu não estou falando somente da empreendedora, mas da mulher impressionante que ela é.


Nesse mês de março dedicado ao feminismo, é importante mostrar a força feminina em todas as suas formas, e a minha mãe é muito forte.


Ela chegou na França com marido, três crianças, sem dinheiro e sem falar francês, e conseguiu aprender a língua e a cultura, sem desistir.


Ela fundou a própria empresa, venceu batalhas pessoais e profissionais, e agora está dando o apoio a imigrantes que ela nem sempre recebeu.


Na sua carreira ou na sua vida pessoal, a minha mãe sempre me ensinou a expressar nossas ideias e sentimentos. Ela era e continua sendo, um exemplo de determinação e de integridade.


Ela me mostrou que mulher pode ser líder, que mulher pode querer carreira e sobre tudo que mulher não perde a sua individualidade só porque é mãe/esposa.


Nós não estamos de acordo sobre tudo, mas o meu militantismo foi muito inspirado pela minha mãe, que além da força, também me ensinou que não tem nada de vergonhoso nos interesses tipicamente "femininos" (isso para mim não é genético e sim cultural, mas são distinções que existem na sociedade que criamos).


Ela me ensinou que ser forte e gostar de moda não precisa ser uma contradição.

Feminidade não é sinônimo de fraqueza nem de submissão.


O importante é ter escolha.


Ela me mostrou que para amar os outros precisamos nos amar, e que reconhecer nossas próprias qualidades é necessário para não aceitarmos ser maltratadas.


Desde pequena ela me ensinou a acreditar em minhas capacidades, e a não aceitar humilhação, contra mim ou qualquer outra pessoa que fosse tratada de maneira injusta.


Minha mãe me ensinou a ter amor-próprio, mesmo se a sociedade patriarcal condena mulheres confiantes e as acusam de "vaidade" ou de "orgulho".


Mas ela nunca me ensinou a me sentir superior a ninguém, ao contrário : devemos amar ao próximo e trata-lo como gostaríamos de ser tratadas


Minha mãe é um verdadeiro exemplo de resiliência, e estou muito feliz de ver que hoje ela usa a sua experiencia e força para ajudar muitas pessoas hoje a terem uma vida melhor na França"


Bianca Kimberly tem 24 anos, é artiste-auteur e uma jovem mulher formidável! Obrigada filha, por esta linda visão.


E você? Qual importante mulher de sua vida você desejaria homenagear? Aproveite este espaço e deixe sua homenagem aqui também.



#agencemevoila #diainternacionaldasmulheres #forçafeminina #juntassomosmaisfortes #businesswoman #challenge #mulheresespeciais #empoderamentofeminino





63 visualizações0 comentário